Notícias

09/03/2020

Você sabe o que é proventriculite transmissível em frangos de corte? O SBSA 2020 tem a resposta


Vários agentes são possíveis causadores da inflamação afirma a especialista convidada

O assunto até hoje pouco explorado tem consequências sanitárias e econômicas que vão ser discutidas na palestra “Proventriculite transmissível em frangos de corte. Causas e consequências” com a especialista catalã Natàlia Majó Masferrer durante o Simpósio Brasil Sul de Avicultura que será realizado de 07 a 09 de abril em Chapecó,SC. A proventriculite viral transmissível (TVP) é uma doença viral infecciosa que afeta frangos e galinhas e representa impacto econômico significativo em escala global porque afeta mais comumente frangos de corte de quatro a cinco semanas de idade, que não tem claros os agentes causadores, o conjunto deles. A palestra será as 8h da manhã do último dia do Simpósio de Avicultura(SBSA) 2020.

Responsável pelo Departamento de Sanidade e Anatomia Animal da Universidade Autonoma de Barcelona, a especialista Natàlia Majó Masferrer publicou um recente estudo sobre a detecção de proventriculite viral transmissível e vírus da necrose proventricular no Reino Unido, onde evidências crescentes sugerem que um novo birnavírus, chamado vírus de necrose proventricular de galinha (CPNV), é o agente etiológico da proventriculite viral transmissível (TVP).

Segundo especialistas as aves afetadas exibem sinais clínicos inespecíficos, que podem incluir crescimento atrofiado, palidez e presença de alimentos digeridos incompletamente nas fezes . Granjas afetadas pela TVP normalmente não mostram um aumento significativo na mortalidade, mas representa perdas significativas.

O alerta dos pesquisadores é porque a mucosa intestinal do frango é eficiente na digestão, absorção e transporte de nutrientes porque os enterócitos apresentam microvilos desenvolvidos que secretam enzimas digestivas e possuem transportadores específicos de nutrientes, por isso danos e lesões e necrose tem consequências desastrosas.

Entre os hot spots do último dia estão temas como “Atualizaçõese novidades em ambiência para melhor desempenho do frango de corte atual” e “Imunidade intestinal e sua importância dentro de um programa de controle da Salmonella” com o palestrante Filip Van Immerseel.

O palestrante Filip Van Immerseel da Universidade de Ghent- Belgica pesquisou a infiltração de células imunes intestinais após a infecção por Salmonella e gatilhos ambientais no intestino que influenciam a invasão de Salmonella.

O presidente do Nucleovet, o médico veterinário Luiz Carlos Giongo destaca o desafio de realizar a 21ª edição do SBSA “O desafio é oferecer aos participantes o que tem de mais atual e inovador na área científica, aperfeiçoamento pessoal e profissional, comportamento do mercado global e normativas e procedimentos legais. Precisamos surpreender positivamente, por isso, é de suma importância termos o apoio de toda cadeia produtiva” comenta.

Inscrições podem ser feitas no site www.nucleovet.com.br a um valor de R$ 440,00 para profissionais e R$ 340,00 para estudantes até o dia 31 de março. As inscrições poderão ser feitas ainda durante o evento a R$ 500,00 para profissionais e R$ 400,00 para estudantes. São oferecidos ainda preços diferenciados para agroindústrias com pacotes a partir de 10 inscrições, com valores iniciais de R$ 300,00. Para universidades os pacotes a partir de 10 inscrições os valores são de R$ 270,00, R$ 300,00 e R$ 350,00, respectivamente.

O que – 21 Simpósio Brasil Sul de Avicultura

Quando – de 07 a 09 de abril

Onde – Centro de Cultura e Eventos Plinio Arlindo De Nês – Chapecó,SC

Saiba mais em www.nucleovet.com.br


N�cleo Oeste de M�dicos Veterin�rios e Zootecnistas (Nucleovet)

49 3329.1640 | 49 3328.7825

secretaria@nucleovet.com.br

Estrada Municipal Barra Rio dos Índios
SN, km 359, Rural, Caixa Postal: 343
CEP 89.815-899 | Chapecó | SC


Desenvolvido por BRSIS / Nova Comunicação