Notícias

Voltar
14/06/2022

Curso sobre educação financeira inspira médicos veterinários e zootecnistas


Curso sobre educação financeira inspira médicos veterinários e zootecnistas

Promovida pelo Nucleovet, capacitação também proporciona uma clínica financeira individual aos participantes

Promover a melhora da relação com o dinheiro, através de organização e ajuda na confecção do orçamento doméstico; apresentar ideias sobre planejamento, com um passo a passo para aumentar a capacidade de reservas econômicas; e aprender a investir com segurança na busca de maior rentabilidade. Esses foram os objetivos do curso sobre educação financeira, promovido pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet), no último fim de semana.

O professor e sócio do Alpz, empresa que ministrou o curso, José Bras Lopes, explicou que a capacitação foi dividida em três etapas: iniciou com uma parte comportamental, na qual foi feita explanação de como as pessoas lidam com o dinheiro, seguida de como fazer orçamento e, depois, planejamento financeiro, abordando investimentos dos mais simples até os mais ousados. “Com uma linguagem simples, sem falar economês, buscamos mostrar as oportunidades e, se algum dia a pessoa quiser, ela sabe que existe. Não precisa ser expert no assunto, mas é importante estar consciente quando fizer”, frisou.

De acordo com Bras, ao participar de aulas, as pessoas absorvem apenas cerca de 15% do conteúdo. Por isso, os professores do Alpz ficam à disposição após o curso. Também será feita uma clínica financeira particular com os profissionais. “Queremos despertar as pessoas para o tema, mas também que deem continuidade”.

O vice-presidente do Nucleovet, Tiago José Mores, avaliou que o curso superou as expectativas e que os feedbacks foram positivos. A capacitação foi gratuita para os associados. “É um tema que nem sempre é abordado e ter esse conhecimento, por mais complicado que possa parecer no começo, é muito importante. Os professores tiveram uma boa didática, com exemplos práticos e simples, com situações do nosso dia a dia. Isso proporcionou entender as finanças de forma mais tranquila”, expôs, ao acrescentar que a partir do curso é possível melhorar os investimentos e o planejamento financeiro como um todo. “O próximo passo é a clínica financeira individual, quando os professores farão contato com os participantes do curso para analisar a situação de cada um. A partir daí, as ações e a aplicação do conhecimento absorvido ficarão a cargo de cada pessoa que participou”.

Para o zootecnista Julio Dadalt, que participou da qualificação, o aprendizado foi valioso. “O curso foi dinâmico e didático. Os três palestrantes trouxeram informações muito relevantes. Um conceito que achei muito interessante é a questão do tempo, da gente ser rico no tempo e não necessariamente no dinheiro, quanto mais tempo temos, mais ricos somos. Também o conceito de salvar dinheiro e não necessariamente economizar. Esse curso foi o melhor que já participei nessa área de finanças”, considerou.

O médico veterinário Edson Klein disse que a iniciativa do Nucleovet foi muito válida. “Foi uma ideia muito boa da diretoria, pioneira até, pois a grande maioria das pessoas que participaram não tinham informação sobre educação financeira. Esse tema geralmente é deixado de lado, inclusive nas escolas. Ter participado mudará muitos comportamentos com relação ao uso de recursos financeiros e investimentos. Um exemplo prático para mim é com relação a imóveis, a renda de aluguéis fica abaixo do que poderia se obter num fundo de investimentos, por exemplo. O curso foi muito positivo e espero que o Nucleovet dê sequência nesse assunto, com módulos com temas mais específicos, pois foi muito assunto em apenas dois dias”.

O presidente do Nucleovet, Lucas Piroca, enfatizou que o objetivo foi despertar o interesse pela educação financeira e incentivar que os associados aprofundem conhecimentos sobre o assunto. “Os palestrantes expuseram conceitos e explicaram sobre investimentos em renda fixa e variável, a exemplo de tesouro SELIC, fundo imobiliário e ações na Bolsa de Valores, tudo em uma linguagem simples e fácil de entender”.

O curso foi ministrado pelos professores José Bras Lopes, José Bras Lopes Júnior e César Alberto Lopes.

Outras notícias:


link externo