Notícias

Voltar
13/08/2021

Como uma adotar uma visão estratégica na nutrição de suínos para manter a competitividade


Como uma adotar uma visão estratégica na nutrição de suínos para manter a competitividade

A adoção de programas nutricionais estratégicos para maximizar o retorno sobre os investimentos em alimentação na criação de suínos foi assunto de palestra no 13º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura (SBSS), promovido pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) e que encerra nesta quinta-feira (12). O doutor em nutrição Uislei Orlando abordou o mercado global, passos para a formulação de dieta, incluindo performance, custo, lucratividade e a importância de saber usar os indicadores econômicos e as ferramentas de análise para a tomada de decisão.

Dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) mostram que a alimentação representa o principal custo para a produção de suínos, consumindo de 60% a 80% dos investimentos totais na criação. Além de pesar nos valores gastos, a alimentação afeta diretamente a qualidade da carne, por isso exige uma atenção especial do produtor.

“Várias estratégias de sucesso podem ser implementadas na formulação de dietas. Os sistemas de produção em todo o mundo normalmente determinam um equilíbrio entre maximizar o desempenho animal, minimizar o custo de produção e maximizar a lucratividade ao elaborar um programa de nutrição”, explicou Uislei.

Ele citou cinco etapas como fundamentais para a formulação de dietas: determinar o nível biológico de lisina digestível por calorias; definir os níveis mais econômicos de energia; os níveis dos outros aminoácidos digestíveis em relação ao nível de lisina digestível; as concentrações de fósforo e, por último, os níveis de microminerais e vitaminas.

“O produtor também precisa ter em mente que o sistema pode ser de tempo fixo em alguns meses e peso fixo em outros. Portanto, o uso de estratégias como a margem sobre o custo de ração e de instalações, ou margem sobre o custo total com base no peso da carcaça, são soluções adequadas para maximizar a rentabilidade das operações de suínos.”

Apesar de sugerir passos importantes para a formulação de programas nutricionais, o zootecnista ressaltou que existem múltiplas estratégias e abordagens para a formulação de dietas. Para atingir resultados precisos em nutrição e maximizar os ganhos, é importante estar ciente da realidade de cada país e também das tendências de preço do mercado global.

Uislei concluiu afirmando que há muitas maneiras de tomar decisões em um programa nutricional, mas para definir uma dieta eficiente é necessário conhecer o cenário atual e também cenários futuros. Ponderou, ainda, que há ferramentas e oportunidades mesmo na crise. “Não decida por melhor performance, tampouco o mínimo custo. A melhor decisão é sempre complexa, porém é preciso focar na maior rentabilidade. É fundamental usar dados, avaliar, implementar estratégias e, se necessário, reavaliar decisões.”

12ª BRASIL SUL PIG FAIR

Paralelamente ao 13º SBSS, ocorre a 12ª Brasil Sul Pig Fair virtual. Participam da feira em torno de 60 empresas de tecnologia, sanidade, nutrição, genética, aditivos e equipamentos para suinocultura. A feira é um espaço onde as empresas geradoras de tecnologias apresentam suas novidades e seus produtos, permitem a construção de networking e o aprimoramento técnico dos congressistas.

Está sendo disponibilizada uma inovadora área de networking para os inscritos tanto no Simpósio quanto na Pig Fair e nos eventos paralelos. Cada estande disponibiliza conteúdos, como direcionamento para redes sociais e site da empresa, materiais técnicos e comerciais para download e contato pelo WhatsApp. Além disso, os participantes podem deixar depoimentos sobre suas experiências ao visitar a feira e os estandes.

APOIO

O 13º SBSS tem apoio da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), do Conselho Regional de Medicina Veterinária de SC (CRMV/SC), da Embrapa, da Prefeitura de Chapecó, da Unochapecó e da Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária (Somevesc).

Outras notícias:


N�cleo Oeste de M�dicos Veterin�rios e Zootecnistas (Nucleovet)

(49) 99806-9548

secretaria@nucleovet.com.br

Estrada Municipal Barra Rio dos Índios
SN, km 359, Rural, Caixa Postal: 343
CEP 89.815-899 | Chapecó | SC


Desenvolvido por BRSIS