Notícias

Voltar
27/05/2020

Conceito de One Health em discussão na primeira LIVE técnica do NUCLEOVET


Conceito de One Health em discussão na primeira LIVE técnica do NUCLEOVET

Janice Zanella, da Embrapa, ressaltou importância da união de forças em prol da saúde única em LIVE promovida pelo Nucleovet

A médica veterinária Dra. Janice Zanella, Chefe Geral da Embrapa Suínos e Aves, foi a convidada para tratar o tema “One Health, mudanças e oportunidades” na primeira live técnica promovida pelo Nucleovet – Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas, no dia 21 de maio, em seu canal no Youtube (@nucleovet). A apresentação online foi mediada pelo médico veterinário Paulo Bennemann, professor e pesquisador da Unoesc Xanxerê, e pela jornalista Eliana Schwarz. A Live que teve a participação do público com perguntas e contribuições de profissionais veterinários sobre o papel da medicina veterinária no controle das zoonoses que contribuem para o conceito de Saúde Única.

Janice, que é PhD. em Virologia Molecular e membro do comitê técnico de programas sanitários de suínos do MAPA e membro de 3 comitês da OIE, traçou uma cronologia das maiores e mais recentes epidemias mundiais, destacando as enfermidades virais com impactos sanitários e econômicos como SARS, H1N1, PED, MERS, PRRS e finalmente COVID 19. “Entre as doenças emergente no último século, 75% são originarias de animais, como hantavírus, febre amarela, as influenzas, tuberculose entre outras como zicavírus, dengue e peste bubônica, que ainda tem focos na Índia e até nos Estados Unidos. As doenças emergem em todos os continentes”

“Proteger os animais é proteger o nosso futuro” destacou Janice, sobre a importância do controle das enfermidades em animais e consumo de animais silvestres como alimento (caça) ou animais e companhia, trazendo para perto dos humanos vírus diferentes. A pesquisadora alertou para o volume do transito de pessoas e alimentos ao redor do mundo, com facilidade de cruzar continentes em poucas horas, é um fator facilitador das transmissões.

Sobre a cadeia de produção de proteína, Janice ressaltou o rigor sanitário e a qualidade da proteína animal do Brasil. “Produzimos carne de qualidade, barata e em quantidade”. Esse sistema será cada vez mais essencial num cenário por demanda cada vez maior de proteína animal, principalmente na Ásia, África e América do Sul. “A produção animal é trabalhosa e cara, mas a gente consegue produzir muito e com qualidade”, ressalta.

Por outro lado, a pesquisa veterinária também contribui para mitigar futuros problemas. “Tecnologias aplicadas na reprodução, na microbiologia e virologia, são modelos para muitos estudos em medicações antivirais e antibióticos humanos”, afirmou Janice.

Paulo Bennemann também destacou a importância dos profissionais veterinários em meio à pandemia. “Vivemos um período muito crítico, que pode ter uma interferência futura até na cadeia de produção, como ocorreu nos Estados Unidos com frigoríficos fechando, espero que isso não nos atinja”. Essas situações, argumentou, mostram a importância dos veterinários com relação ao controle da saúde alimentar. Dados mostram que 75% das zoonoses são relacionadas a doenças nos animais. “Isso é prova de que a pesquisa deve ser intensificada, e tudo isso passa pela mão do veterinário com relação à qualidade da proteína animal produzida”.

Para Janice, o próprio conceito de One Health mostra a necessidade dessa interação entre as classes. “Estamos sentindo na carne a necessária integração entre a medicina veterinária e a medicina humana”. Cita ela que, no Brasil, muitos laboratórios veterinários estão dando apoio no diagnóstico molecular da Covid-19. “Na Embrapa Suínos e Aves, temos 15 pessoas trabalhando nisso”. A pedido do Ministério da Saúde, o laboratório da Embrapa dá suporte ao Lacen SC, com análises moleculares do Covid-19 de todo o oeste catarinense. “Neste dia 21 de maio chegamos a mil análises”.

Ainda conforme Janiece, faltam insumos, como reagente e IPI’s para dar continuidade ao trabalho. Por isso, ela solicita o apoio de empresas e entidades. “Toda a estrutura da Embrapa tem sido fundamental no suporte à saúde humana. Estamos dando retorno para a sociedade de todo o investimento no laboratório e na capacitação das pessoas”.

Janice Zanella é graduada em medicina veterinária pela Universidade Federal de Minas Gerais. Possui doutorado em virologia molecular pela Universidade de Nebraska, nos Estados Unidos. Também é pesquisadora da Embrapa na área de virologia, representante do Brasil na OIE em Comitês da Peste Suína Clássica, Peste Suína Africana, Influenza e também junto ao Mapa. Atualmente é chefe da Embrapa Suínos e Aves.

Reveja a live na íntegra – https://youtu.be/5HnbvZlVu2A

N�cleo Oeste de M�dicos Veterin�rios e Zootecnistas (Nucleovet)

49 3329.1640 | 49 3328.7825

secretaria@nucleovet.com.br

Estrada Municipal Barra Rio dos Índios
SN, km 359, Rural, Caixa Postal: 343
CEP 89.815-899 | Chapecó | SC


Desenvolvido por BRSIS / Nova Comunicação