Associado

Voltar
08/04/2022

22º SBSA reúne mais de 2 mil profissionais em três dias de evento


22º SBSA reúne mais de 2 mil profissionais em três dias de evento

SBSA ocorreu em Chapecó e teve recorde de público presencialmente. De forma virtual, mais de 640 pessoas acompanharam as palestras e os eventos paralelos. Site teve mais de 5,4 mil acessos.

Com recorde de público no evento presencial, encerrou nesta semana o 22º Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA), um dos maiores encontros do setor avícola latino-americano. Durante três dias, passaram pelo Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó (SC), mais de 2 mil profissionais. Virtualmente, mais de 640 pessoas acompanharam o SBSA e os eventos paralelos. Além disso, mais de 5,4 mil usuários acessaram o site do evento nesta semana. Os acessos ocorreram em diversos países, entre eles Brasil, Paraguai, Peru, Argentina, Equador, França, México, Colômbia, Uruguai, Venezuela, Estados Unidos e Itália.

Paralelamente, ocorreu a 13ª Brasil Sul Poultry Fair, que reuniu mais de 70 empresas nacionais e multinacionais de genética, sanidade, nutrição, aditivos e equipamentos para a avicultura. O público também pode conferir, na Granja do Futuro, uma novidade no evento, tecnologias para monitorar, controlar, gerenciar e, assim, tornar mais eficiente cada processo de produção. Os visitantes puderam participar, ainda, dos eventos paralelos promovidos por empresas do setor.

A promoção foi do Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet), que após dois anos sem realizar o SBSA presencialmente devido à pandemia, inovou ao fazer um evento híbrido. O presidente Lucas Piroca frisou que a mudança de local – tradicionalmente o SBSA ocorria no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes (que está em reforma) – trouxe limitações e ao mesmo tempo oportunidades. “Ocupamos uma estrutura que necessita de melhorias, mas nela pudemos ampliar a feira, ter mais espaço para os participantes, apresentar a Granja do Futuro e dispusemos de melhor área de estacionamento. Finalizamos o evento com a sensação de dever cumprido, mas com a responsabilidade de inovar e aprimorar para que nas próximas edições possamos oferecer uma experiência ainda melhor”.

O SBSA apresentou as últimas tendências do mercado mundial da avicultura. A programação científica foi dividida em quatro módulos: mercado, abatedouro, sanidade e manejo e nutrição. Alguns dos maiores especialistas da avicultura mundial debateram mercado de carnes, logística, comunicação entre o agro e a sociedade, cenário mundial e o agro brasileiro, sistema de inspeção, qualidade de pintos na primeira semana, manejo pré-abate, problemas respiratórios, alternativas a antibióticos, impactos da retirada dos antimicrobianos, adenovírus aviário, vacina e saúde intestinal, aquecimento e qualidade de ar, empenamento em frangos de corte, qualidade de água, bem-estar e saúde intestinal.

O presidente da Comissão Científica, Guilherme Lando Bernardo, ressaltou o papel do Nucleovet em difundir conhecimento para quem atua na cadeia avícola. “Ao eleger os temas e elaborar a programação, levamos em consideração os anseios dos profissionais do setor e sua aplicação prática. Nossa intenção é proporcionar informações com a melhor qualidade possível para que os profissionais multipliquem o que vão aprender e transformem isso em ações”.

Tradicionalmente, em todos os Simpósios que promove, o Nucleovet doa parte do valor das inscrições pagas para entidades. Nesta edição do SBSA, a comissão organizadora definiu por fazer a doação para a APAE de Chapecó e para o Programa Viver. Os presidentes da APAE Leandro Ugolini e do Programa Viver Marlene Somensi receberam, durante a abertura oficial do SBSA, um cheque simbólico das doações.

O 22º SBSA teve apoio da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), do Conselho Regional de Medicina Veterinária de SC (CRMV/SC), da Embrapa, da Prefeitura de Chapecó, do Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal (Sindirações) e da Sociedade Catarinense de Medicina Veterinária (Somevesc).

O evento e todas as palestras ainda podem ser acessadas pelo site: www.nucleovet.com.br, durante 30 dias.


link externo