NOTÍCIAS

Painel de Bem Estar animal abre programação do Simpósio Brasil Sul de Suinocultura em Chapecó/SC

22/05/2019

 A suinocultura brasileira reconhecida mundialmente através de certificações sanitárias e vendas para mercados exigentes, ocupa o posto de quarta maior exportadora e detém uma produção de qualidade reconhecida e competitiva, contribuindo expressivamente com o PIB do país. Conquistas que passaram por sanidade, melhoramento genético e nutrição de precisão. Aliado a esses fatores o tema bem-estar animal (BEA), que é defendido pelos principais players produtores de suínos, vem ganhando espaço nesta cadeia, com consumidores, investidores e empresas alimentícias pressionando a indústria brasileira para incrementar estas práticas. O assunto que já encontrou rejeição, amadureceu e hoje é prática na produção brasileira.

Esse cenário desafiador do bem-estar dos suínos no dia a dia da produção é tema do painel de abertura no 12º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura, queinicia no dia 06 agosto de 2019, terça-feira. Focados na mobilização e esforços significativos de toda a cadeia, envolvendo a iniciativa pública e privada, é que a Comissão Cientifica do SBSS traz a palestra “Boas práticas de manejo nas granjas comerciais de suínos. O que temos que esperar para os próximos anos?”, com o Professor do Departamento de Zootecnia, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR,Caio Abércio da Silva.
 
Outro ponto crítico segundo especialistas é o manejo pré-abate, processo que envolve, desde a preparação dos animais na granja para o embarque, até a sangria desses animais no frigorífico. O que foi observado é que neste manejo, o excesso de agressividade provoca não só o estresse dos animais, comprometendo o seu bem-estar, como também tem influência negativa na qualidade da carne.  Assunto para apalestra “Boas Práticas no manejo pré-abate: como melhorar o bem-estar dos animais e maximizar os rendimentos no frigorífico” com Victor Abreu de Lima.
 
O palestrante Victor Abreu de Lima é Zootecnista, graduado pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias na Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, FCAV/UNESP Jaboticabal/SP. Atualmente é sócio e consultor da empresa BEA consultoria e Treinamento na Produção Animal e responsável pelos treinamentos de Abate Humanitário em parceria com a WAP (World Animal Protection), além de ministrar treinamentos de carregamento de animais para o abate e parceiro do Grupo ETCO da Unesp Jaboticabal.
O painel vai ser encerrado com a palestra “Percepção do consumidor em relação ao bem-estar de animais de produção: onde podemos auxiliar?”, com André Machado.
 
Sobre a décima segunda edição do SBSS,o presidente do NUCLEOVET Rodrigo Toledo, comenta a evolução dos eventos e o compromisso de transformar Chapecó em um polo na difusão de tecnologia na produção de suínos: “O objetivo do Nucleovet é além de promover a integração dos Médicos Veterinários e Zootecnistas, promover também a formação continuada para esses profissionais. Esse processo ganhou força há 20 anos quando foi realizado o primeiro Simpósio Brasil Sul de Avicultura hoje consolidado como o principal evento técnico da Avicultura Latino americana, o mesmo aconteceu com a suinocultura na qual o Simpósio Brasil Sul de Suinocultura, hoje na sua 12ª edição, também se consolidou como o maior evento técnico de suinocultura da América Latina”.
 
As inscrições podem ser feitas no site www.nucleovet.com.br até o dia 27 de junho a um valor de R$ 400,00 para profissionais e R$ 300,00 para estudantes. A partir desta data os valores passam a R$ 440,00 e R$ 340,00 respectivamente até o dia 31 de julho. As inscrições poderão ser feitas ainda durante o evento a R$ 500,00 para profissionais e R$ 400,00 para estudantes. São oferecidos ainda preços diferenciados para agroindústrias que adquirirem pacotes a partir de 10 inscrições, com valores iniciais de R$ 300,00. Para universidades, os pacotes a partir de 10 inscrições, os valores são de R$ 270,00, R$ 300,00 e R$ 350,00, respectivamente.
 


Veja mais notícias
Estrada Municipal Barra Rio dos Índios
SN, km 359, Rural, Caixa Postal 343
CEP 89.815-899 • Chapecó • SC
Desenvolvido por BRSIS