NOTÍCIAS

Simpósio Brasil Sul de Avicultura reuniu mais de 1.500 profissionais em um amplo debate

13/04/2017

 Simpósio Brasil Sul de Avicultura reuniu mais de 1.500 profissionais em um amplo debate

A programação foi composta por mais de 12 horas de palestras de excelente nível com conferencistas nacionais e internacionais, o painel “Impacto da legislação e sistema de condenações sobre a produtividade avícola brasileira” e a IX Poultry Fair. Pelo segundo ano, todas as palestras tiveram tradução para o espanhol. A próxima edição do evento já tem data marcada de 10 a 12 de abril de 2018

O evento técnico, promovido pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas – Nucleovet, registrou público recorde em 18 anos de evento. O presidente da entidade, médico veterinário Luis Carlos Peruzzo, destacou o feedback dos participantes como extremamente positivo. “Esta edição foi realmente histórica, a cidade de Chapecó e a cadeia produtora como um todo vivem um momento especial. Conseguimos comprovar a nossa qualidade, compromisso e seriedade na produção de proteína animal”, afirma. Ainda conforme Peruzzo o sucesso do 18º SBSA abre caminhos para a realização de novos eventos que visam qualificar pessoas, melhorando cada vez mais o processo de produção. “O Brasil é o maior exportador mundial de aves, presente em mais de 150 países com seus produtos. Não tem como não nos relacionarmos com esta realidade”, salienta Peruzzo. “A produção absorve o impacto das questões sanitárias, de logística e políticas de todo o mundo”, destaca.

Ainda conforme Peruzzo, o foco do Núcleo é oferecer sempre uma excelente programação científica nos seus eventos, apresentando temas atuais e de acordo com as demandas e necessidades do mercado. Neste ano, a programação científica do Simpósio Brasil Sul de Avicultura e os eventos paralelos contemplaram temas de impacto na cadeia avícola.

Temas como gestão de pessoas na agroindústria, genética, nutrição, manejo, sanidade das aves, legislação, regulamentação no uso de antibióticos e a experiência da agroindústria projetaram o evento. Ainda, a experiência mexicana com a influenza aviária, qualidade da água e o posicionamento da China no mercado mundial, foram assuntos que reuniram os mais conceituados especialistas da avicultura mundial. A biossegurança e as questões sanitárias são recorrentes em todos os simpósios. “É uma preocupação da cadeia produtiva e precisamos trabalhar para nos proteger ainda mais”, destaca.

Sobre o Painel de Abertura, Peruzzo avalia que o mercado é composto por vantagens competitivas e qualitativas. “Ações que envolvem questões políticas, legislativas, logísticas, entre outras, acabam impactando diretamente em toda a cadeia”. Segundo ele, o setor tem dois cenários para administrar: a demanda dos seus clientes, prontamente atendidas e os processos de legislação. “No SBSA juntamos a agroindústria, os técnicos e os órgãos públicos, para discutir uma legislação que trabalhe com bom senso e garantias de segurança”, destaca. “Buscar o equilíbrio entre produção e legislação, visando não perder nossas vantagens qualitativas e competitivas é muito importante”.

 IX Poultry Fair

Paralela ao Simpósio Brasil Sul, a IX Poultry Fair, uma feira de negócios e oportunidades na qual as empresas realizaram lançamentos, apresentaram inovações tecnológicas e soluções para o mercado. O formato deste ano foi diferenciado, visando uma maior interação entre os expositores e os participantes do evento e abrigando ainda mais empresas. Peruzzo comemora a fidelidade dos parceiros do evento, com 100% dos patrocínios fechados e o trabalho voluntário de toda a equipe do Nucleovet.

 



Veja mais notícias
Estrada Municipal Barra Rio dos Índios
SN, km 359, Rural, Caixa Postal 343
CEP 89.815-899 • Chapecó • SC