O EVENTO

Prezados Colegas,


O Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas têm a honra de convidá-los para o nosso IX Simpósio Brasil Sul de Suinocultura e para a VIII Pig Fair. Sejam bem vindos a Chapecó, colegas de todo o Brasil e agora da América Latina. Bien venidos todos!

Chegamos ao segundo semestre alternando desconfiança e esperança, em um cenário de redução do consumo interno, em consequência da maior recessão de todos os tempos e aumento dos custos, puxado pelos preços recordes do milho. A palavra incerteza é a mais atual, entretanto, como sempre fizemos nos resta fazer a nossa parte.

Nesse ano de 2016, na nona (IX) edição do simpósio, a comissão científica teve o desafio de buscar temas e palestrantes que tragam perguntas e respostas que a cadeia produtiva de suínos, público alvo deste evento, tem diante de si. Estamos preparados para desafios sanitários diante das enfermidades emergentes e reincidentes de impacto econômico que tem assombrado produtores em todo o mundo? Temos alternativas para o custo de produção elevado? Temos a eficiência produtiva necessária para mantermos a competitividade do setor? O que temos a aprender com outros países?

O foco do evento é formação continuada dos profissionais, atender a demanda da indústria, oferecendo a estes profissionais palestras e debates que os auxiliem desde a gestão até a tomada de decisão. Este ano convidamos para debater os fundamentos econômicos na cadeia de suínos, gestão da assistência técnica no sistema de produção e a gestão de pessoas e da informação como pilares para excelência. Serão ainda apresentados casos de sucesso de como produtores europeus alcançam excelentes resultados utilizando baias de gestação coletivas.

Outro ponto é a preocupação com a sanidade da produção de suínos no Brasil, reforçando o diálogo entre os elos, desde a pesquisa até o setor público. Entendemos que problemas sanitários representam risco para toda a cadeia, por isso provocamos debates e fóruns de discussão para encontrar soluções conjuntas e propor ações, acreditamos que informações em época de enfermidades globais são fundamentais, a participação nos eventos torna-se uma excelente oportunidade para ligar esse conhecimento detido por setores e uma chance de difundir, compartilhar e disseminar experiências. Por isso vamos apresentar uma atualização sobre a situação do Seneca Valley Vírus e o uso de terapêuticos em suínos, vamos abordar ainda situação atual e perspectivas futuras sobre Circovírus Suíno Tipo 2.

Nesta edição buscamos lançar uma visão holística sobre a suinocultura moderna, abordando a gestão da produção e de pessoas, aspectos de produção e manejo pré-abate com fundamental para a qualidade da carne que chega ao consumidor final. Vamos debater enfermidades que impactam economicamente, uso ou não da Ractopamina na produção de suínos, com a presença de especialistas internacionais que vão apresentar uma visão global do controle das enfermidades e suas experiências. A pergunta que queremos levantar é: O Brasil e América estão preparados?

A pedido da indústria, vamos abordar ainda um ponto crucial que é a gestão de dados e pessoas, um gargalo para os profissionais que saem das universidades com conhecimento específico, mas com uma lacuna na gestão das informações que impactam no resultado da produção.

A Diretoria do Nucleovet, juntamente com a Comissão Organizadora do IX Simpósio Brasil Sul de Suinocultura, acredita que a nossa forma de contribuir como o setor, é sermos agentes fomentadores desses debates e trocas de conhecimentos.

Paralelo ao Simpósio Brasil Sul, será realizado a VIII Pig Fair, uma feira de negócios e oportunidades onde as empresas podem fazer lançamentos, apresentar inovações tecnológicas e soluções inovadoras para o mercado.

Bem vindos parceiros da suinocultura de todo o Brasil, bien venidos amigos latinos!

Luís Carlos Peruzzo
Presidente do Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas.

SOBRE CHAPECÓ E REGIÃO

Chapecó é uma das maiores cidades de Santa Catarina, ocupando hoje o sexto lugar na economia do Estado. É a maior e principal cidade do Oeste Catarinense, sendo pólo econômico de uma região com cerca de 200 municípios, onde vivem mais de dois milhões de pessoas. São mais de 30 mil estabelecimentos comerciais, indústrias e prestadoras de serviço em franco crescimento e que necessitam cada vez mais de soluções para serem mais competitivas.

A região tem grandes perspectivas em função de sua posição central no Mercosul, do alto potencial econômico, da disponibilidade de energia elétrica, das condições favoráveis para o desenvolvimento de novos negócios. A sua localização é uma das vantagens, por estar ao centro do Mercosul facilita o acesso a grandes centros como São Paulo/SP, Porto Alegre/RS, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Buenos Aires/Argentina, Assunción/Paraguai, Mondevidéo/Uruguai.

Com uma economia pulsante e sólida, Chapecó se destaca por abrigar empresas de renome nacional e internacional em diversos setores. Agricultura, indústria, serviços e turismo de eventos tornam Chapecó e região uma ótima oportunidade para investir e realizar negócios. Por estes motivos, mereceu o título recebido pela Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, de Capital Catarinense do Turismo de Eventos e de Negócios. São eles, o Simpósio Brasil Sul de Suinocultura, Simpósio Brasil Sul de Avicultura, Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite, Efapi, Mercoagro, Mercomóveis, Supermarket, EXPEN, entre muitos outros.

Esta cidade criada por desbravadores é um exemplo de hospitalidade e empreendedorismo e está se consolidando como um polo tecnológico e educacional com inúmeras entidades de ensino superior, como a UNOCHAPECÓ, UDESC, UFFS, entre outras, que buscam com a classe empresarial e o governo municipal o desenvolvimento social e econômico de toda região Oeste.

MAPA DA FEIRA

Mapa da Feira
Organizador
Nucleovet
Apoiadores
CRMV Feed & Food Engormix O presente
Embrapa ABCS Suino.com
Fone/Fax 49 3329-1640 • 49 3328-4785
Rua Egito, 31 - E • Bairro Maria Goretti
Cep 89.801-420 • Chapecó • SC nucleovet@nucleovet.com.br